Whatsapp: (11) 99886-7690

Fale Conosco

Mídias e redes de imigrantes são estratégicas para o combate ao tráfico de pessoas

O mercado do tráfico de pessoas movimenta 2,4 milhões de pessoas é fatura 32 Bilhões de dólares ao ano, uma fortuna com o sofrimento de milhões de famílias. DENUNCIE – DISQUE 100, 180.

Por Da Redação - Guia do Imigrante dia em Cidadania

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

A comunicação é importante no combate ao tráfico de pessoas.

O tráfico de pessoas mudou muito em todos estes anos, o estereotipo de caixões, correntes, mordaças foram substituídas pelo aliciamento de pessoas em situação de vulnerabilidade, pessoas que precisam de recursos econômicos se submete a situações que são contrarias a sua própria dignidade. “não tem almoço de graça... nada que é bom demais e dado de mão beijada” sendo importante desconfiar e denunciar sempre que souber de algum crime, foram as palavras de Catarina Von Zuben, do Ministério Público do Trabalho.   
 
 Já o Dr. Luiz Guimarães Bojart, Vice-procurador-Geral do Trabalho, as familiais da comunidade imigrante devem estar sempre atentas, “a informação em relação ao tráfico de pessoas é a melhor defesa que o jovem vai ter”.

Ambas autoridades, se despediram dando as boas-vindas aos imigrantes, já que o Brasil foi construído pelos imigrantes agregando suas culturas para construção de um Brasil diverso é rico.  
 
Victor Del Vecchio do ProMigra (projeto de Promoção dos Direitos de migrantes/ USP) acredita que a educação transforma e combate este tipo de criminalidade. Uma série de crimes podem ser melhor combatidos se governos e instituições da sociedade civil alinhassem de perto com articuladores e comunicadores das coletividades de imigrantes, assim pudendo ser efetivados planejamentos de combate ao tráfico de pessoas. 
 
A campanha "Somos Livres: todos contra o tráfico de Pessoas, que visa promover a inclusão social de potenciais vítimas desse crime por meio do acesso ao mercado de trabalho, foi encerrada durante evento na noite de quarta-feira (21) de agosto no Auditório do Ibirapuera, em São Paulo (SP). 





O evento de encerramento trouxe a apresentação da peça "Trinta e Dois". A obra traz monólogos interpretados pelos atores Cris Vianna, Dan Ferreira, Natallia Rodrigues e Yasmin Bispo, e é dirigida por Mariana Jaspe.

O objetivo foi possibilitar a inclusão no mercado de trabalho, de forma protegida, de potenciais vítimas desse crime. As capacitações foram trabalhadas em três principais frentes: cabelo e beleza, moda e música e tecnologia.

A campanha "Somos Livres: todos contra o tráfico de Pessoas, que visa promover a inclusão social de potenciais vítimas desse crime por meio do acesso ao mercado de trabalho, foi encerrada durante evento na noite de quarta-feira (21) de agosto no Auditório do Ibirapuera, em São Paulo (SP).

Campanha conscientiza a população contra o tráfico de pessoas
(matéria produzida pela Rede Globo)

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: